24 de fevereiro de 2013

Trabalhar frutas com as crianças



Trabalhar frutas com as crianças
(Anne Lieri)

Imagem daqui.

É comum a criança não gostar de comer frutas.

A maioria desconhece o sabor de muitas delas e, convenhamos que a professora tem mais chances de conseguir com que os pequenos experimentem do que as mães.

Essa sugestão de atividade não é minha.

Com o tempo aprendi com outras colegas e coordenadora e sempre fazíamos na Educação infantil.

Abaixo algumas sugestões de atividades lembrando que é um projeto longo e pode ser trabalhado de forma interdisciplinar.


- Roda da conversa: que fruta você mais gosta e por quê?

- Hora da história: contar histórias de frutas, ler poesias ou utilizar teatro de fantoches.
Sugestão  aqui ( Mineia Pacheco)

- Fazer uma lista das frutas que as crianças conhecem. (Eles falam e a professora escreve no quadro ou num papel pardo, cartolina).

- A cada fruta citada chamar um aluno para fazer o desenho na lousa enquanto os outros dizem as características daquela fruta. Por exemplo: é vermelha, redonda, azedinha...


- Cantar músicas que falem sobre frutas. Ex: Meu limão, meu limoeiro, Salada de frutas (Xuxa, Bananas de pijamas, Patati Patatá). Escolhi o rock das frutas mas tem muitas ideias no You tube.



- Brincadeiras: esconder uma fruta e todos irão procurar.

* de olhos tampados a criança deve descobrir qual é a fruta pelo tato, olfato, paladar.

* sortear uma letra do alfabeto e as crianças devem dizer nomes de frutas com aquela letra.

- Confecção de jogo de memória com frutas. Cada um faz o seu, desenhando em cartõezinhos a mesma fruta duas vezes. Depois as crianças podem levar para casa. Eles adoram e os maiores podem copiar do quadro o nome das frutas.

- Fazer um quebra cabeça de frutas com imagens pesquisadas em revistas. Colar papelão por trás para ficar mais firme, depois desenhar as divisões e recortar. Também podem levar para casa.

- Textos com letras de música, contos ou poesias sobre frutas. A professora pode trabalhar os textos, circulando nomes de frutas, pintando cada um a letra de seu nome, etc...

- Contar as letras dos nomes das frutas e fazer um cartaz coletivo. Veja aqui uma ideia legal que vi aqui


- Fazer um gráfico com as frutas preferidas da sala.

- Passear no sacolão ou feira para comprar as frutas. A professora pode recorrer à escola e, caso não haja recursos, fazer uma vaquinha entre os pais e professores. Pode-se também pedir uma fruta para cada aluno.

- Com massinha de modelar criar vários tipos de frutas e fazer uma exposição na classe.

Um lembrete: as atividades ganham mais sentido para a criança quando ela faz um desenho do que foi vivenciado.

- É possível criar caça palavras, cruzadinhas, dominós e vários jogos usando os nomes das frutas.

- Com as crianças fazer uma salada de frutas. Antes, conversar sobre cada fruta, explorando as suas características.

 Aproveitar e introduzir conceitos de higienização dos alimentos.

 É importante que todas as crianças tenham oportunidade de participar da confecção da salada, mas sempre com a supervisão da professora. 

Um jeito muito bom é juntar duas salas assim, uma professora ajuda a outra e sempre se aprende mais.

- No final o melhor de tudo: COMER!...Rsss...


Imagem daqui.


13 comentários:

  1. Oi Meninas! Eu concordo com a Anne de que a escola, por vezes, tem mais alternativas para despertar o interesse da criança pelas frutas. Adorei as dicas! Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Excelente proposta Anne, adorei!
    Sempre utilizo as frutas em minhas aulas de inglês!
    Mega beijo, Genis

    ResponderExcluir
  3. Falamos muito sobre frutas nas nossas aulas de Educação alimentar!

    ResponderExcluir
  4. Oi Anne! É sabido que o paladar tem caráter cultural, isto é, ele vai sendo moldado desde a mais tenra idade. As crianças observam o que os pais comem e vai respondendo da mesma maneira. Sendo assim, é possível culpar os pais sim pela má formação do paladar de suas crianças. Ingerir frutas, hortaliças e legumes é um hábito e ele deve ser cultivado em casa. Alertar as crianças e deixar os pais de fora pode provocar algum desencontro, pois são os últimos que devem ser conscientizados disso. Para as crianças pode não passar de mais uma brincadeira. Uma conversa com os pais pode dar resultados positivos, porém, todo esforço é válido e se não dermos algum passo não iremos a lugar algum. Parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir
  5. Quantas maneiras sábias de se trabalhar usando as frutas.
    Além de divertido pode-se comer depois rsrsr.
    Bju
    Toninha

    ResponderExcluir
  6. ótimas ideias me ajudaram muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tambem me ajudaram muito rsrsrs

      Excluir
  7. Anne, vim parar por aqui... Gostei muito do assunto neste post sobre frutas! É um aprendizado gostoso e interessante... Além do mais, a criança guardará o carinho das professoras nesse ensino/brincadeira p o resto da vida...

    Um abraço... (Terminei conhecendo também a Toninha, ela apareceu no Ciranda de Frases...)

    ResponderExcluir
  8. Achei muito boa a proposta sugerida.pois também estou estimulando minhas crianças a incluír uma fruta na lance. Para isso iciamos com o projeto "Frutas para que te Quero" onde elas escolheram a fruta a trazer, ravarm,manusearam se permitindo perceber qual a sua textura, o cheiro, a cor a arte culiunaria e o sabor, atravéz de uma salada de frutas. Se divertiram tanto e estão querendo fazer de novo. Crianças que não gostavam de frutas até provaram e gostaram do lanche. Por isso achei uma aula produtiva e muito educativa.
    Parabéns! dessa forma estaremos no caminho quase certo.

    ResponderExcluir
  9. Adorei o blog, me ajudou bastante!!

    ResponderExcluir
  10. Show de bola esse blog...vou fazer com meu filho essas atividades.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante.
Obrigada por participar!